Manejo otimizado

MITO OU VERDADE: consumo é maior em comedouro branco circular

MITO OU VERDADE: consumo é maior em comedouro branco circular

Tempo de leitura: 3 minutos

MITO OU VERDADE: consumo é maior em comedouro branco circular? Diversos experts atestam sem medo os efeitos positivos que a suplementação de leitões exerce sobre o desenvolvimento desses animais. Quanto maior a suplementação durante o período de lactação, melhor será a performance após o desmame. Segundo Philip van den Brink, “oferecer suplementos em formato de “mingau” durante a primeira metade da lactação oferece mais energia aos animais. Ao beberem mais, eles buscam mais os tetos e estimulam a produção de leite na porca, isso gera leitegadas mais uniformes”.  

Também é importante que se adote um alimento adequado à cada idade e capacidade digestiva do leitão, iniciando a suplementação com alimentos de alto valor nutritivo e fácil digestibilidade. Além da qualidade do suplemento em si, existem debates sobre a influência do tipo de comedouro no consumo dos leitões. No Brasil, normalmente se faz o preparo manual de “papinhas” em cochinhos auxiliares, os quais existem em modelos, tamanhos e cores diferentes. Mas será que o tipo de comedouro faz alguma diferença no consumo dos suplementos oferecidos? Para sanar essa dúvida, um estudo na Holanda comparou o consumo dos leitões em 3 tipos diferentes de comedouros:

Tipo 1 – Comedouro circular de alumínio com divisórias
Tipo 2 – Comedouro circular branco de plástico sem divisórias e com bordas suaves
Tipo 3 – Comedouro circular vermelho de plástico com divisórias
(imagens abaixo)

Um total de 95 leitegadas foram avaliadas, e a tabela abaixo mostra os resultados de consumo entre os grupos de teste (todos os animais foram desmamados entre 24 e 30 dias de idade). Embora existam diferenças entre os grupos em relação ao tamanho das leitegadas e idades de desmame, o consumo de alimento, o GPD e o peso ao desmame nos comedouros tipo 1 e 3 foram similares, enquanto o grupo dos comedouros tipo 2 apresentou resultados bastante superiores.

Após a análise dos resultados, as conclusões mais relevantes foram:

1) No comedouro tipo 2 houve um nível significativamente maior de consumo de alimentos;
2) Numericamente, os leitões que se alimentaram desse comedouro obtiveram o maior peso ao desmame;
3) Alimentos mais frescos garantem um melhor consumo pelos leitões, e portanto leitões mais saudáveis;

Ainda assim, a limpeza desses comedouros para a manutenção de alimentos sempre frescos gera um trabalho intensivo. Desconectar o comedouro do ripado e lavá-lo demora quanto tempo? Um minuto? Uma granja com 500 matrizes terá cerca de 100 baias de maternidade, e gastará em torno de 1 hora e meia por dia de trabalho somente com a limpeza desses comedouros. Qual seria a solução pra isso? O MS Cleanfeeder! (mas esse é um assunto para uma próxima conversa!).

Voltar à página de posts

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.