Água de bebida limpa

Resultado na prática: antes e depois de tratar a água na granja

Resultados na prática antes e depois

O tratamento da água de bebida em granjas de suínos tende a surpreender gerentes e produtores positivamente. Nosso programa de qualidade de água para a produção animal já rendeu muitos frutos e clientes satisfeitos, por isso hoje viemos trazer um caso de melhoria em ganho de peso e conversão alimentar, que vale a pena ser compartilhado.

O exemplo de hoje se trata da implantação do programa de limpeza e acidificação da água com uso do dosador eletrônico MS Digi Doser Duo. O programa foi implementado no setor de creche de uma UPL (Unidade Produtora de Leitões) em Minas Gerais, onde haviam 1250 animais instalados. A qualidade da água antes e depois da implementação do protocolo foi avaliada a partir de análise laboratorial microbiológica e físico-química.

O que foi feito pela nossa equipe?
Após a avaliação inicial da estrutura da tubulação, foram encontrados pontos importantes de contaminação por biofilme, evidenciando o problema de contaminação dentro da tubulação que já era sugestivo no momento de coleta das amostras de água.

Resultados na prática antes e depois

Biofilme na tubulação antes do início do tratamento (imagem capturada através de filmagem com endoscópio).

O protocolo de limpeza foi realizado com o MS Di-O-Clean, dosado via água de bebida através do dosador MS Digi Doser Duo. Durante as primeiras 6 semanas, na fase inicial de limpeza, o produto foi aplicado a uma concentração de 330 ppm. Após esse período, ele foi mantido a uma concentração de 100 ppm em constante administração na tubulação. O objetivo desse protocolo é eliminar o biofilme acumulado e evitar novas formações, mantendo uma ação biocida constante dentro dos canos.

Além do protocolo de limpeza com MS Di-O-Clean, também foi implementado o protocolo de acidificação da água de bebida com o produto MS Goldfeed H a 0,1% de concentração. Para isso, foi utilizado o mesmo dosador já citado, o qual realiza a dosagem contínua dos produtos na linha através de duas bombas individuais e independentes uma da outra.

Após 6 semanas desde a aplicação inicial de ambos os produtos (continuamente na água de bebida dos animais), foi possível notar uma melhora significativa a nível de ganho de peso diário e conversão alimentar. As tabelas abaixo demonstram os dados de dois lotes avaliados (A e B) após esse período de 6 semanas.

Tabela 1 – Resultados produtivos em creche (lote A).

Tabela 1 – Resultados produtivos em creche (lote A).

A conversão alimentar do lote A foi reduzida de 1,493 para 1,386. No lote B, foi possível observar uma redução de 1,728 para 1,709, com aumento do G.P.D. (ganho de peso diário) de 393 gramas para 422.

Tabela 2 – Resultados produtivos em creche (lote B).

Tabela 2 – Resultados produtivos em creche (lote B).

O resultado obtido através das novas filmagens feitas dentro da tubulação também foi positivo, e condizente com a melhora observada nos índices zootécnicos.

Biofilme na tubulação após início do tratamento (imagem capturada através de filmagem com endoscópio).

Biofilme na tubulação após início do tratamento (imagem capturada através de filmagem com endoscópio).

Precisamos reconhecer que a performance dos suínos é extremamente sensível à qualidade da água oferecida, a qual afeta totalmente os resultados da granja. Esse é apenas um dos vários casos de sucesso que temos hoje, e que servem de exemplo para vários produtores em termos de retorno de investimento (ROI) obtido através do nosso programa. Fale com a nossa equipe e saiba mais sobre esse tema. Trabalhar com higiene é a melhor forma de trazer mais resultados e lucros.  

Voltar à página de posts

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.