Água de bebida limpa, Biossegurança

O que a água “faz” dentro do animal?

O que a agua faz dentro do animal

A água é a fonte para toda a vida no planeta, mas o que a água “faz” dentro do animal? Embora ela em si não forneça energia, a água é um nutriente essencial para todos os processos corporais. Para manter um animal saudável, é preciso que ele consuma uma quantidade suficiente de água limpa e de qualidade. Isso levará a um maior consumo de alimentos, permitindo que ele se torne um animal mais forte e saudável. Para entender melhor porque a água é tão importante, é necessário conhecer quais funções ela desempenha no organismo dos animais:

  • Ingestão de alimentos: a água é necessária para a composição do suco gástrico. Esse suco contribui para a digestão química dos alimentos, garantindo que os nutrientes possam ser absorvidos pelo epitélio intestinal.
  • Transporte: mais de 90% do volume sanguíneo é constituído por água, portanto a distribuição de oxigênio e nutrientes ao organismo depende da sua fluidez e perfusão dos tecidos.
  • Excreção: o organismo animal precisa de água para manter seus sistemas excretores funcionando (gastrointestinal e renal). A água é fundamental para esses processos de drenagem e excreção.
  • Regulagem da temperatura corporal: a água ajuda a movimentar o calor ao longo do corpo, dessa forma a temperatura pode ser mantida constante ou ser dissipada.

Para dar suporte a todas essas funções, é lógico que a água ingerida deve ser de boa qualidade, caso contrário o efeito danoso pode comprometer diversos órgãos e sistemas, dificultando o crescimento e desempenho do animal na fase jovem e adulta. Nesse sentido, é importante lembrar de alguns fatores que influenciam o consumo de água pelos animais, e que afetam a sua qualidade caso estejam desregulados:

  • Sabor: ferro, sais, e substâncias orgânicas (açúcares, proteínas, gorduras, etc) todos afetam o sabor da água. Águas que contêm uma menor concentração dessas substâncias possuem sabor mais agradável, e, portanto, serão mais consumidas. A ausência completa dessas substâncias, no entanto, torna a água pouco palatável.
  • Contaminação: a água pode conter químicos como amônia e nitritos, ou micro-organismos patogênicos e germes (biofilme). Essas substâncias afetam a saúde animal e podem ser extremamente prejudiciais, portanto a avaliação da água e tratamento do biofilme são fundamentais para evitar a entrada de doenças na granja ou fazenda.
  • Disponibilidade: um erro muito comum cometido na construção de granjas e fazendas é o dimensionamento incorreto do sistema de abastecimento de água. Como resultado, durante os picos de consumo dos animais ao longo do dia, acaba faltando água para consumo. É importante garantir que o suprimento de água de bebida seja adequado, caso contrário os animais ficarão relativamente desidratados e o consumo de alimentos consequentemente será menor que seu real potencial.  

Se a água da sua granja ou fazenda não estiver dentro das condições normais, tome as medidas necessárias para corrigir erros estruturais e controlar a sua qualidade. A água é o nutriente mais importante para o animal, e deve receber atenção completa! Fale com a nossa equipe comercial e entenda o quanto a água pode fazer por você na produção!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *