Ambiente livre de germes

Detergente ácido, alcalino, ou neutro?

Detergente ácido, alcalino, ou neutro? Preciso fazer rodízio?

Muito se discute sobre a necessidade de alternar o uso de detergentes ácidos, neutros, e alcalinos durante os processos de lavação em granja (em lotes diferentes ou mesmo em uma mesma lavação). Será que isso é mesmo necessário? Vamos entender melhor a função de cada detergente.

Os detergentes ácidos são assim chamados por possuírem pH menor que 7. Eles removem com eficiência sujeiras inorgânicas, de origem mineral, como a ferrugem e o cimento. Os detergentes alcalinos possuem pH superior a 7 (em uma escala de 0 a 14). Eles removem todo tipo de sujeira, exceto as de origem mineral. Os detergentes neutros possuem pH próximo de 7, no ponto de equilíbrio entre acidez e alcalinidade. A vantagem é o fato de que agem diretamente na sujeira, agredindo menos as superfícies, porém o seu poder de limpeza é menor quando comparado a um detergente ácido ou alcalino.

Quando pensamos em granjas, o detergente com pH alcalino apresenta maior eficiência e indicação de uso. Esse é o detergente mais indicado para a limpeza entre lotes, uma vez que será capaz de agir melhor na incrustação de matéria orgânica como alimentos, dejetos, gorduras e proteínas. No entanto, alguns outros fatores têm total influência no sucesso da limpeza e devem ser considerados no processo, como:

1) A baixa aderência de alguns detergentes às superfícies: se a espuma não permanecer aderida, ela não terá tempo suficiente para penetrar na sujeira e realmente “quebrar” as moléculas de gordura e proteína que precisam ser eliminadas durante o enxágue.

2) A dosagem/diluição incorreta ou insuficiente: se a dose correta não for aplicada, não haverá produto suficiente para formar uma espuma consistente, a qual é a forma ativa de um com propriedades tenso ativas.

3) A qualidade da água utilizada na lavação: a qualidade microbiológica e química da água utilizada na lavação tem um alto impacto no resultado final, uma vez que ela é o solvente de todos os agentes de limpeza e desinfecção, representando na maioria dos casos acima de 90% da composição das soluções.

O resultado de uma boa limpeza na produção animal não depende somente de produtos, e sim de processos, protocolos, e treinamento dos profissionais envolvidos. Fale com a nossa equipe técnico-comercial para usar a higiene como ferramenta de melhores resultados!

Voltar à página de posts

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.