Ambiente livre de germes, Manejo otimizado

3 estratégias de higiene para prevenir a mastite

3 estratégias de higiene para prevenir a mastite

A prevenção da mastite envolve diversos manejos dentro da produção leiteira, e uma das formas mais baratas e eficazes de se evitar o problema é melhorar a higiene! Para isso, listamos aqui abaixo 3 estratégias de higiene para prevenir a mastite que muitas vezes passam despercebidas:

1) Lavação da sala de ordenha
A lavação da sala de ordenha é essencial para remover a contaminação e os resíduos de matéria orgânica (dejetos, resíduos de leite, etc.) que ficam após a passagem das vacas. O uso de um bom detergente é fundamental para a limpeza dos pisos, paredes, teteiras (por fora), e outros equipamentos da sala. É importante lembrar que o tipo de produto indicado para remover esse tipo de sujeira (orgânica) é sempre o detergente alcalino (como o MS Topfoam ALK).      

2) Pós de higiene nas camas
Manter a cama das vacas o mais seca e limpa possível é um desafio diário nos sistemas de freestall. O estrume e a areia molhada de urina devem ser removidos quando as vacas saem para cada ordenha, de forma que os boxes estejam prontos para receber esses animais novamente em condições de conforto e higiene (evitando assim a ocorrência de mastite e outras doenças). Além dessa limpeza, o uso de pós de higiene (como o MS DryCare) ajuda a absorver a umidade e os amoníacos, reduzindo a pressão de infecção e os problemas derivados do excesso de umidade na cama (como a mastite, problemas de casco, entre outros).

3) Vá além do pré-dipping
O manejo de pré-dipping e pós-dipping devem ser realizados para evitar a infecção do canal do teto com bactérias patogênicas. No entanto, a redução da contaminação ambiental, isto é, de tudo o que está no entorno do úbere, precisa ser realizada como barreira inicial à mastite. É importante limpar bem a sala de ordenha, as teteiras, as camas das vacas, e também o próprio teto. A remoção da sujeira “mais grosseira” presente nos tetos pode ser feita com lenços antissépticos (descartáveis!). Isso ajuda a aumentar a eficácia do pré-dipping, e também a manter o interior das teteiras mais limpo.

Ficou com alguma dúvida? Fale com a nossa equipe por WhatsApp ou outros canais, e entenda como a higiene pode reduzir doenças e melhorar os seus resultados produtivos!

Voltar à página de posts

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.